Vaticano apresenta carta do Papa para Ano da Vida Consagrada

Vaticano apresenta carta do Papa para Ano da Vida Consagrada

PALAVRAS DE FRANCISCO - SEXTA-FEIRA, 28 DE NOVEMBRO DE 2014, 9H54

Em carta apostólica, Francisco indica objetivos e expectativas para o Ano da Vida Consagrada, que diz respeito a toda a Igreja

Jéssica Marçal
Da Redação

A Sala de Imprensa da Santa Sé publicou nesta sexta-feira, 28, a carta apostólica do Papa Francisco a todos os consagrados por ocasião do Ano da Vida Consagrada, que começa oficialmente neste domingo, 30.

Francisco espera dos consagrados o que vem pedindo a toda a Igreja: cultura do encontro / Foto: Arquivo

A mensagem do Papa com indicações para esse Ano é inspirada nas palavras de João Paulo II apresentada à Igreja no início do terceiro milênio com a Exortação Apostólica Pós-SinodalVita consecrata:

“Vocês não têm somente uma gloriosa história para recordar e contar, mas uma grande história para construir! Olhem para o futuro, no qual o Espírito vos projeta para fazer convosco ainda grandes coisas”, escreveu o Pontífice, agora santo, no documento.

Francisco indica três objetivos para o Ano da Vida Consagrada: olhar para o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança.

O que o Papa espera

Entre as expectativas, estão a confirmação de que Deus pode encher a vida de alegria. O Papa também espera que os consagrados “despertem o mundo”, já que o que caracteriza a vida consagrada é a profecia, e que prevaleça a “espiritualidade da comunhão”

Leia também
.: Vida Consagrada: religiosa comenta a alegria de servir a Deus

O Santo Padre também espera dos consagrados aquilo que vem pedindo a toda a Igreja: sair de si mesmo e ir às periferias existenciais, pois “há uma humanidade inteira que espera”. Ele também pede que os consagrados se perguntem o que Deus e a humanidade de hoje pedem.

“Os mosteiros e os grupos de orientação contemplativa poderiam se encontrar entre si, ou se ligarem de diferentes formas para trocar experiências sobre vida de oração, sobre como crescer na comunhão com toda a Igreja, sobre como apoiar os cristãos perseguidos, sobre como acolher e acompanhar quantos estão em busca de uma vida espiritual mais intensa ou precisam de um apoio moral ou material”, escreve Francisco.

Mensagem a toda a Igreja

A carta do Papa se dirige, além dos consagrados, aos leigos que partilham com eles ideais, espírito e missão. O Pontífice reconhece que, em torno de cada família religiosa, está presente a “família carismática”, que compreende cristãos leigos que, em sua condição laical, se sentem chamados a participar dessa realidade.

Francisco recorda que o Ano da Vida Consagrada não diz respeito somente às pessoas consagradas, mas a toda a Igreja. O povo cristão é convidado a ter consciência do dom que é a presença dos consagrados e partilhar com eles dificuldades e alegrias.

“Grato desde agora a todos vocês pelos dons de graça e de luz com os quais o Senhor nos enriquecerá, acompanho todos vocês com a Benção Apostólica”, conclui o Papa.

O Ano da Vida Consagrada foi anunciado pelo Papa Francisco no dia 29 de novembro de 2013. Com início nesse primeiro domingo do Advento, o Ano se estende até a festa da Apresentação de Jesus no templo, que será no dia 2 de fevereiro de 2016.



Outras Notícias

 

Fonte: CANÇÃO NOVA